Meu caminho para Índia, Tailândia e coração ou ‘A viagem 2015’

por Yuri Ferrari Ogurtsova Como eu não nasci indiano – nem tailandês -, mas sou apaixonado pela cozinha destes países desde 2004, tive de recorrer a alguns professores para descobrir o meu próprio caminho para estas cozinhas. Foram alguns mestres, pelos quais tenho muita gratidão, e dos quais quero falar para vocês que gostam da comida que eu faço – mas que nem me atrevo a chamar de ‘minha’. Então lá vai: Meu primeiro professor foi o Murli (in memorian). Meu conhecimento da cozinha indiana se resume em AM (antes do Murli) e DM (depois do Murli). Com ele descobri que aquilo que eu cozinhava antes dele, pensando ser comida.

... ver post completo.